Luziadas - canto XI PDF Imprimir e-mail
A Obra - Poesia

Imagem do Manuscrito
Luziadas - canto XI - 1578-1580 
por Rómulo de Carvalho.
1917. – [3] p. 3 f., 1 f. dobr.
31,5 x 21,5 cm


 

Dactiloscrito com acrescento autógrafo da estrofe XII, a lápis, na última página. – 1.º v.: «Depois da sanguinolenta batalha,». – Suporte com margens danificadas. – Inclui, no canto superior esquerdo da 1.ª folha, a nota autógrafa, a tinta preta, «Começado em 1917.» seguida de «[11 anos]» pelo punho de Natália Nunes que tb. escreveu, na margem inferior, «[Veio publicado no "Almanaque das Senhoras", de 1920, p. 209-210, c. um retrato do Autor, vestido à marinheiro]». Em folha dobrada apresenta a data «(11 anos)» e o título «Lusíadas» em autógrafo, bem como notas de Natália Nunes: na linha superior ao título «[Continuação dos]» e «[letra do Rómulo]» com uma seta. – As sete primeiras estrofes foram publicadas pela primeira vez em Notícias d’Évora, 17, 4977 (10 Ago. 1917) 2. As estrofes VII a IX foram publicadas em Almanach das Senhoras. Lisboa: Parceria A. M. Pereira, [1920]. P. 210, tendo na p. anterior, fotografia do autor. Publicado tb. em Obra Completa. Lisboa: Relógio d’Água, 2004. P. 636-638.

 

 Imagem do Manuscrito Imagem do Manuscrito
 Imagem do Manuscrito 

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >