Pesquisa

Visitantes

Temos 1 visitante em linha
Lei da constância dos ângulos PDF Imprimir e-mail
A Obra - Poesia

Imagem do Manuscrito
Lei da constância dos ângulos
Como sabes, meu bem, a ciência [1.º v.] 

por Rómulo de Carvalho.
1929 Set. 26-[195-?].
[1, 2, 1] p. 2 f. ;
22,6 x 16 cm

 

Autógrafo assinado, a lápis. – 1.º v.: «Sabemos já que a cristalisação». – Data manuscrita. – Inclui, na folha de título, notas de Natália Nunes na margem superior: «Antigo m. 34 [‘Prosas da Juventude’], f.1- [29 anos]…». – Na última p., poema com letra de fase posterior. – O poema «Lei da constância dos ângulos» foi publicado em Obra Completa. Lisboa: Relógio d’Água, 2004. P. 657.

 

 Imagem do Manuscrito Imagem do Manuscrito
 Imagem do Manuscrito Imagem do Manuscrito

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >